Bem-vindo!
 
Publicidade
Publicidade
PODCAST #137: Os filmes de Lars von Trier
24/04/15 - 17h40
por Renato Silveira

Divulgação

ATENÇÃO: nos três primeiros dias de publicação do podcast, o áudio estará disponível para download apenas para assinantes do Clube Cinema em Cena. Clique aqui para conhecer nossos planos e ter acesso a este e a outros conteúdos exclusivos.

ASSINANTE: acesse o site beta e vá até a seção Podcasts para baixar o áudio do programa.

DOWNLOAD | FEED RSS | iTUNES

Instale o App do Podcast Cinema em Cena em seu smartphone!

Use a câmera do seu telefone para ler o código ao lado ou abra este link no navegador do telefone e crie um atalho para ele.

O ícone aparecerá na tela inicial e você terá acesso a todos os episódios!

 

 

Na 28ª entrada da série Grandes Diretores, o Podcast Cinema em Cena revisita a obra de Lars von Trier, cineasta dinamarquês, autor de filmes como Ondas do Destino, Os IdiotasDançando no EscuroDogvilleAnticristoMelancolia Ninfomaníaca. Durante o programa, nossa equipe relembra também os primeiros longas do diretor, entre curtas e trabalhos para a TV, e fala sobre suas trilogias, o manifesto Dogma 95, as controvérsias e todos os aspectos estilísticos e temáticos encontrados em suas produções.

Programa apresentado e produzido por Renato Silveira, com os comentários de Antônio Tinôco e Stephania Amaral, da equipe Cinema em Cena, Ana Lúcia Andrade, professora da Escola de Belas Artes da UFMG, e Isabel Wittmann, da coluna Vestindo o Filme e do blog Estante da Sala.

Edição e mixagem de áudio: Eduardo Garcia.

Interaja com os demais ouvintes nos comentários abaixo. Tem um recado para a nossa equipe? Envie sua mensagem para o e-mail cinema@cinemaemcena.com.br

Série Grandes Diretores: #1 - Steven Spielberg | #2 - Martin Scorsese | #3 - Billy Wilder | #4 - David Cronenberg | #5 - Sergio Leone |#6 - Roman Polanski | #7 - Paul Verhoeven | #8 - Glauber Rocha | #9 - Michelangelo Antonioni | #10 - John Carpenter |#11 - Stanley Kubrick | #12 - Michael Haneke | #13 - Robert Zemeckis | #14 - David Lynch | #15 - Pedro Almodóvar | #16 - Nelson Pereira dos Santos | #17 - Alfred Hitchcock | #18 - Brian De Palma | #19 - Woody Allen | #20 - Milos Forman | #21 - Eduardo Coutinho | #22 - Ethan e Joel Coen | #23 - Orson Welles | #24 - Andrei Tarkovsky | #25 - Hayao Miyazaki | #26 - Francis Ford Coppola | #27 - William Friedkin

EXTRAS:

- Frames comentados de alguns filmes de Lars von Trier:

Befrielsesbilleder (1982)


Uso de cores sólidas: primeiro o vermelho...


depois o amarelo...


e por fim o verde.

O Elemento de um Crime (1984):


Filmado em tom sépia, quase laranja.
Na cena, à direita, von Trier em uma ponta interagindo com o protagonista.

Epidemia (1988):


O logo do filme, que permanece no canto superior esquerdo da tela
por quase toda sua duração. Aqui von Trier interpreta um dos personagens principais.

Europa (1991):


 Contraste entre preto e branco e colorido obtido através de projeção.
Nesta sequência há destaque para quem está controlando a discussão: primeiro o protagonista...


depois um equilíbrio...


e, por fim, a femme fatale.


Uso de elementos em vermelho.

Ondas do Destino (1996) e Ninfomaníaca (2014):



Em uma das muitas referências que Ninfomaníaca faz aos filmes passados do diretor,
Joe veste os mesmos shorts de vinil vermelhos que Bess usou em Ondas do Destino

- Curtas de Lars von Trier, comentados por Isabel Wittmann (no blog Estante da Sala)

- Resenha de Ninfomaníaca, por Isabel Wittmann (no blog Estante da Sala)

- Revista Cinema Scandinavia, de agosto de 2014, com artigo de Isabel Wittmann sobre Ninfomaníaca (é preciso comprar a edição para ter acesso aos textos)

- Curso online sobre Cinema e Televisão Escandinávos

Coment�rios

comments powered by Disqus
Publicidade

Redes Sociais

Últimas Atualizações

Variedades

    Publicidade

    Agora!